Assign modules on offcanvas module position to make them visible in the sidebar.

Our school

 

Estamos prontos para começar

 

No dia 16 de Abril fomos plantar árvores na região do Fundão. Mais precisamente na quinta Santa Maria. O Francisco Lino, proprietário dos terrenos, compreendeu muito bem o que significa o VIVERFloresta e disponibilizou não só o espaço, mas também toda a logística para preparar esta ação e posteriormente para manter as árvores plantadas.

As árvores que fomos plantar, castanheiros e bétulas, eram no caso dos castanheiros, árvores já com quase 3 anos no nosso viveiro a céu aberto e por isso eram árvores com raízes muito grandes.

Tivemos que preparar as plantas em primeiro lugar e para isso foi necessário ir retirar do viveiro a céu aberto os cerca de 60 castanheiros que se iria plantar. Não é fácil retirar estas árvores com quase 3 anos sem as danificar. Com cuidado e tempo é no entanto possível.

 

Era necessário cavar muito fundo.  Com estas raízes é difícil tirar a árvore

 

Enquanto se retirava as árvores, encontrámos uma visita inesperada. Esta rã estava a deslocar-se para uma ribeira próxima. Ajudámos a pequena rã levando-a para junto da ribeira.

 

Muito pequena, mas dava saltos enormes

 

Numa árvore junto do viveiro, encontrámos também um ninho de Tordo-comum, (Turdus-philomelos). Para não fazer com que os donos do ninho se assustassem e abandonassem o ninho, esperámos que saíssem e tirámos uma fotografia de forma a não estragar ou mesmo tocar perto do ninho. Mais tarde comprovámos que pelo menos um dos progenitores estava no ninho, mas não tirámos qualquer fotografia para não assustar.

 

Será que vai ter mais ovos?  

 

Foi necessário fazer uma preparação inicial, não só para definir o local onde colocar as árvores, mas também para facilitar a preparação dos buracos pois as crianças e jovens teriam muita dificuldade em abrir as covas sem ajuda. Usámos um trator pequeno para escavar um pouco o terreno e assim facilitar depois a abertura do buraco final onde colocar as árvores.

O Francisco foi incansável na ajuda a preparar o terreno.

 

 

Obrigado Francisco!  Assim vai ser mais fácil

 

Os funcionários, do Hotel Corinthia Lisbon com os seus filhos e amigos chegaram durante a parte da manhã. Vieram cheios de vontade, porque assim que terminamos a nossa pequena palestra sobre o que se ia fazer, como se ia fazer e a importância do que de ia fazer, foram imediatamente calçar as luvas.

 

Vamos ver como se faz

 

Mais uma vez agradecemos ao AKI por nos ajudar na logística, mas também na segurança de todos com os seus equipamentos de jardinagem e as luvas protectoras.

 

Foto do pessoal a calçar as luvas

 

Mesmo assim havia muito que fazer. Para garantir que as árvores tinham um grande sucesso de ficarem vivas e crescerem neste processo de transplantação, era necessário mais duas tarefas para além de abrir os buracos. Era necessário colocar um pouco de fertilizante orgânico e era necessário regar com muita água para garantir que as raízes ficavam bem compactadas e bem molhadas.

 

O balde está pesado   Vamos ter de encher o regador outra vez

 

Durante duas horas foram inúmeras as viagens que estes jovens e menos jovens fizeram para transportar o fertilizante orgânico e depois a água em baldes e regadores. Nenhuma ficou sem estar devidamente preparada.

No total plantámos quase 80 árvores. Não foi um número muito elevado de árvores, mas foram árvores que por serem já relativamente grandes dão muito mais trabalho a plantar, mas o mais importante é que vão rapidamente contribuir para a retenção de carbono e aumentar a biodiversidade da zona, dois dos grandes objetivos do VIVERfloresta.

 

 

Esta fomos nós que plantámos 

 

 

  • Um puxão final e vai sair.
    Um puxão final e vai sair.
  • Onde o terreno é mais duro, um peso adicional ajuda.
    Onde o terreno é mais duro, um peso adicional ajuda.
  • Só conseguimos com trabalho de equipa.
    Só conseguimos com trabalho de equipa.
  • A acalmia antes da tempestade.
    A acalmia antes da tempestade.
  • Todos querem ajudar.
    Todos querem ajudar.
  • É necessário esticar as costas de vez em quando.
    É necessário esticar as costas de vez em quando.
  • Temos de colocar fertiliznte e regar.
    Temos de colocar fertiliznte e regar.
  • Eu também reguei muitas!
    Eu também reguei muitas!
 
 

Ver galerias